“Amadores falam sobre táticas, mas profissionais falam sobre logística.” – Gen. Robert H. Barrow, Marines Americanos

A frase do General Robert não se aplica só a arte da guerra. Na arte do RPG uma ótima história, bons personagens e um bom sistema podem já ser o bastante, mas não são tudo. Quem nunca viu uma daquelas fotos (geralmente americanas) de mesas enoooooooormes cheias de miniaturas e sistemas engenhosos para ajudar o jogo? As vezes parecem coisa de rico e/ou só disponível para os europeus e americanos. Meu objetivo aqui nessa série de artigos é mostrar que existem alternativas mais baratas que podem deixar seu jogo muito melhor, mais bonito e mais rápido usando materiais que você vai encontrar em qualquer papelaria grande.

Para começar essa série eu vou responder a um perdido que me fazem muito e explicar como eu faço minhas miniaturas de papel que seguem o padrão da One Monk Publishing (www.onemonk.com), que considero mais bonito. Segue abaixo um tutorial

Material Necessário

1. Cola Branca. Tem gente que prefere cola em bastão ou fita dupla face, eu sempre usei cola branca mesmo.

2. Opcional: Estilete com lamina cega. Serve para passar aonde vc vai dobrar no lugar de cortar.

3. Estilete de precisão (Tb chamado de faca X-Acto ou hobby knife). Para fazer os cortes principais, vc pode até usar um estilete normal ou uma tesoura, mas vai ficar bme melhor com um desses.

4. Opcional: Caneta hidrocor, retroprojetora, piloto ou similar. Serve para pintar de preto as bordas do papel que ficam brancas, para um acabamento melhor.

5. Superfície de corte. Para usar o estilete em cima sem destruir sua mesa. Vc tb pode usar um pedaço de vidro, ou outra superfície que possa destruir a vontade, mas as laminas do estilete vão cortar melhor e durar mais em um desses. Se não for usar um estilete vc não precisa da superficie.

6. Papel fotográfico fosco 200g/m². É o mais recomendado. Eu estou usando 210g/m² brilhante por que não tinha achado o ideal antes. Papel fotográfico significa miniaturas de melhor qualidade, mas é mais caro. Se quiser economizar use papel comum e/ou de menor gramatura, mas lembre-se que quanto pior o papel, pior a qualidade das suas minis e quanto menor a gramatura, menos durável a mini.

Fazendo a Miniatura

Começamos baixando e imprimindo as miniaturas e bases. Os arquivos acima foram conseguidas gratuitamente no site da Onemonk (www.onemonk.com) e são respectivamente a base Skull Cove Beach octogonal de 25mm e o Hoard 35.

Sobre imprimir as miniaturas e bases. Lembre-se de melhorar a qualidade da impressão nas configurações da sua impressora para melhorar a qualidade das suas miniaturas e de configurar também o tipo de papel usado (se for fotográfico). Nesse tutorial como era só um teste o papel não é fotográfico e foi tudo impresso em modo Rascunho Rápido mesmo.


Antes de cortar repare nas linhas vermelhas entre os dois lados das miniaturas. Passe nelas o estilete cego bem de leve para não cortar. Assim vc vai deixar uma marca para dobradura que vai facilitar tudo mais tarde quando for colar os dois lados. Isso também vai diminuir a chance dos lados não ficarem alinhados.

Agora corte as fileiras de miniaturas separadas e dobre na linha que você fez antes.

Passe cola no lado de dentro da mini (na foto estou usando um pincel para passar o minimo necessário de cola branca de forma uniforme, mas isso não é necessário). Cole os dois lados juntos e faça pressão, passando os dedos por cima da mini colada para que a miniatura cole por inteiro.

Agora corte as miniaturas individualmente, sem tocar em nenhuma linha em preparação para a parte mais importante.

Agora corte contornando a linha preta, para ter a forma da miniatura. Não é tão difícil quanto parece, principalmente depois que você desenvolve a técnica.

Você já deve ter reparado que o contorno preto da miniatura é mais grosso atrás do que na frente. Isso serve para compensar quando você cortar errado. Por isso comece sempre pela frente, onde esse traço é mais fino.

Sua mini está pronta, mas tem um passo extra que melhora muito a aparência.

Opcional: A técnica chamada de Edging consiste em usar uma caneta hidrocor ou similar para “pintar” a junção entre os dois lados da miniatura, que fica branca. Ao usar essa tecnica a miniatura parece muito mais bonita e profissional.

PS: Essa caneta que eu usei tava falhando, por isso ainda tem umas partes brancas.

Fazendo e Montando as Bases

Mas assim como uma miniatura de plástico ou metal, não tem como ficar de pé sem uma base. Você vai precisar fazer algumas delas também. Claro que é muito mais fácil que fazer a miniatura. No site da Onemonk você vai encontrar diversas bases diferentes na sessão de downloads. Aqui eu estou usando a base Skull Cove Beach (que nada tem haver com os carniçais, mas eu já tinha ela impressa aqui) em formato octogonal e com tamanho de 25mm.

Eu uso o formato octogonal pq tem a maior parte das vantagens de um circulo sem ser tão difícil de cortar com um estilete. O tamanho de 25mm é o tamanho de base mais comum em miniaturas de RPG. Em D&D seria o equivalente a um personagem médio. Se uma criatura for muito grande ou larga o tamanho da base tem que mudar também (Por exemplo, uma criatura grande em D&D 4e usaria uma base de 50mm).

As linhas verdes e vermelhas são as linhas de dobradura das bases. Vermelha dobra para dentro e verde para fora. Faça como nas linhas da miniatura, passe o estilete cego.

Usando o estilete corte a base como na figura acima.

Sobre as linhas vermelhas para dentro e as verdes para fora como na imagem

Agora cole as duas metades juntas, mas não cole as duas rebarbas retangulares que ficam em cima, se não você não vai conseguir encaixar sua mini.

Agora sua base está pronta, você pode fazer o edging nela também se quiser.

Para encaixar a mini coloque ela entre as duas rebarbas que você não colou e aperte elas juntas. Você não vai precisar colar, mas tem quem colar mesmo assim assim. A vantagem de não colar é que você pode trocar a mini de base sempre que quiser. Uma outra opção é por só um pouco de cola na ponta direita e esquerda da rebarba, ficando um buraco ali para encaixar a parte preta da mini.

Pronto, sua mini está terminada! Pode ir jogar!

Usando papel fotográfico e bases mais avançadas de foamcore, eva ou material similar (que vou explicar em outro tutorial). Sua mini pode ficar assim. Perdoem as enormes falhar no Edging. Isso que da usar um piloto para isso.

Agradecimentos Especiais: Dilson “Foguinho” e Gabriel por ajudar com as fotos.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d blogueiros gostam disto: