back.ground

n 1 fundo, segundo plano. 2 motivo, acontecimento que explica fatos posteriores. 3 prática, experiência, conhecimento. 4 fundo ou acompanhamento musical. in the background na obscuridade.

Fonte: Dicionário Michaelis Português/Inglês

Amnésia pode ser background! (Foto do filme "Amnésia")

Saudações RPGistas!

Esse artigo desta vez é destinado a jogadores. Vou falar de uma coisa que todo bom Mestre cobra e quase todo jogador não gosta de fazer: o background.

Background é o histórico do personagem, algo muito necessário no RPG já que o objetivo é fazer uma boa história em conjunto. Mas você, jogador, acha isso um saco… ok. Entenda isto: “a ficha de personagem é uma carta de amor para o mestre” (ouvi essa frase no Vozes da Terceira Terra, nossos parceiros, só não me lembro em que episódio); isso quer dizer que o Mestre vai conduzir o jogo para seu personagem de acordo com o que ele viu na ficha dele, ou seja, você diz ao Mestre o que espera que aconteça com seu personagem no background (principalmente).

Então aqui vão algumas dicas de como construir seu background baseado no que eu, como Mestre, gosto de ver num background dos meus PJs.

Coerência
Tente arrumar uma explicação no background do seu personagem para o valor que ele tem nos atributos e perícias. Ex.: onde ele aprendeu a atirar tão bem? por que a WILL dele é tão baixa (depressão, talvez? baixa auto-estima?)?

Patriotismo é a inspiração do Capitão América.

Ganchos
Sempre é bom que o seu personagem deixe pelo menos um gancho de história na ficha (ganchos são situações que estimulem a história). Talvez seu Mestre use esse gancho para narrar uma aventura baseada no seu background! Isso é essencial em jogos feitos no improviso. Ex.: um dos generais do grande vilão é idêntico a um dos PJs, será que é o irmão gêmeo desaparecido dele?

Motivação
Por que cargas d’água seu personagem decidiu sair da vilazinha pacata dele e ir matar a porcaria do dragão? Tudo deve ter uma razão, de preferência algo que não seja tão manjado…

Tá sem Inspiração?
Fico realmente decepcionado quando encontro uma ficha com todos esses itens, porém recheada de clichês (“ele aprendeu tudo que sabe com seu pai, que foi morto por Fulano, daí em diante ele viaja pelo mundo para saciar sua sede de vingança.”). Por favor não façam isso… se está sem inspiração, clique aqui e não há mais desculpa.

É isso pessoal,comentem!

Originalmente publicado no blog Daemon Fan [texto original aqui].

Descobriu RPG quando pequeno, jogava aventuras bem gamistas e com sistemas inventados na hora, durante intervalo das aulas. Do grupo foi o único que seguiu se interessando pelo hobbie… Escolheu o sistema Daemon para narrar, por ser genérico e ter bastante material disponível online (e os livros são baratos!). Depois de ler um artigo do finado Inominattus (sobre como fazer seu blog de RPG) resolveu entrar na blogosfera RPGística.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d blogueiros gostam disto: