Já ouviu falar de Skylanders? Trata-se de um video game da Activision que envolve comprar miniaturas em lojas de brinquedos que, após serem lidas pelo console (como o Nintendo 3DS), lhe dão power ups e acesso aos personagens correspondentes às miniaturas reais num jogo virtual. Num mercado que vê decréscimo nas vendas de action figures, Skylanders é um sucesso.

Recentemente, a Walt Disney Company decidiu participar da brincadeira. E seu starter kit para o jogo chamado Disney Infinity vendeu 3 milhões de cópias desde Agosto do ano passado. Com um preço sugerido de 75 dólares (mas que geralmente é vendido com descontos), acho que podemos considerar o jogo um sucesso, mesmo não tendo vendido mais que a terceira expansão de Skylanders no mesmo período, mas é um feito para um tipo de jogo que, até o lançamento de Infinity, não possuía concorrentes.

Disney Infinity é um video game multi-plataforma no estilo sandbox que mistura a liberdade de criação de Minecraft com o “non sense” de Just Cause — mas num jogo para crianças que mistura personagens das franquias da Disney e Pixar. A idéia é ter um game constantemente atualizável e expansível que irá durar anos e anos sem defasagem.

Disney Infinity Lone RangerA vantagem para a Disney, na minha opinião, é o mais catálogo de propriedades que a Activision: já estão programadas expansões usando personagens de O Estranho Mundo de Jack, Frozen, Carros, Toy Story, Cavaleiro Solitário e, claro, o camundongo Mickey. Até agora as únicas propriedades que a Activision usou que não foram produzidas exclusivamente para Skylanders foram dois personagens da série Spyro the Dragon.

Fontes:
• ICv2: Disney Sold 3 Million Starters For Miniatures Video Game
• Wikipedia: Skylanders
• Polygon: Disney Infinity leak details bold cross-platform gaming experiment

Marcelo foi criança nos anos 80, então videogame pra ele é Sega, RPG é HeroQuest e calçado é All Star. Lê ficção especulativa sempre que pode, de preferência David & Leigh Eddings, Anne McCaffrey e John Scalzi. Evita TV como a peste — exceto se estiver passando Jornada nas Estrelas ou Supernatural. Gosta mais de cães do que de gente e abandonou a carreira de professor secundarista de História para pesquisar história da saúde pública na Escola de Enfermagem da USP de Ribeirão Preto.

Facebook Twitter Google+ Flickr Vimeo Skype  

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d blogueiros gostam disto: