De Setembro de 2008 até Novembro de 2009 o Parque do Curupira recebeu, quase todo Sábado, um grupo de jogadores que se reunia para jogar D&D. Com a proposta de divulgar o RPG mais famoso do mundo e estimular os jogadores desgarrados de Ribeirão Preto a se reunirem com desconhecidos (e futuros amigos) num lugar público para jogar Dungeons & Dragons, o Programa de Índio chegou a ter 12 jogadores e duas mesas simultâneos. Infelizmente o grupo debandou e o Curupira ficou silencioso sem o rolar de d20s e os gritos de “crítico!”.

Mas desde Sábabo último o Programa está de volta. Das oito da manhã ao meio-dia, um grupo de cinco jogadores retornou à área de alimentação do parque e mostrou que o jogo público é a melhor maneira de divulgar o passatempo (tivemos três famílias que se aproximaram de nós perguntando o que fazíamos e nos elogiando por estarmos jogando um jogo publicamente e termos acordado cedo no Sábado para ir ao parque).

Se você quiser participar do Programa de Índio, basta deixar um comentário aqui ou enviar um e-mail para Marcelo Dior (nemedia@gmail.com). Se você já tem um grupo de RPG — não precisa ser D&D — porque não se reúnem no Curupira ao nosso lado? É muito tranquilo no parque, e a população e os funcionários são bastante amigáveis.

O próximo jogo acontece dia 31 de Julho. Como sempre, das oito ao meio-dia.


Atualização 09/8/2010: a partir desta semana, o Programa de Índio passará para as manhãs de domingo.

Marcelo foi criança nos anos 80, então videogame pra ele é Sega, RPG é HeroQuest e calçado é All Star. Lê ficção especulativa sempre que pode, de preferência David & Leigh Eddings, Anne McCaffrey e John Scalzi. Evita TV como a peste — exceto se estiver passando Jornada nas Estrelas ou Supernatural. Gosta mais de cães do que de gente e abandonou a carreira de professor secundarista de História para pesquisar história da saúde pública na Escola de Enfermagem da USP de Ribeirão Preto.

Facebook Twitter Google+ Flickr Vimeo Skype  

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d blogueiros gostam disto: