Com o financiamento coletivo do Runicards:Dungeons [link], um jogo de tabuleiro com miniaturas inspirado no Runicards original, de 2013, chegando a quatro vezes a meta original, decidi conversar o Rovalde Banchieri, CEO da Kalango Analógico, sobre tudo Runicards.

❉ ❉ ❉

Notícias da Terceira Terra: Rovalde, você anunciou no Facebook recentemente uma parceria com o pessoal que está traduzindo o RPG FATE para a língua portuguesa [link]. O que isso envolve?
Rovalde Banchieri: A conversa com a equipe da SOLAR ENTRETENIMENTO (que está trazendo o FATE para o Brasil) está correndo muito bem, como que em uma mesa de RPG combinando como será a próxima aventura. Estamos planejando adaptar o cenário de Runicards e apresentar os conceitos básicos criados para o jogo de cartas (Runicards:Batalha pela Terra do Fogo) e o cenário do deserto mostrado no jogo de tabuleiro (Runicards:Dungeons – Desafios do Deserto).

NTT: Em que estágio estão essas negociações?
Rovalde: Em estágio inicial. Estamos esboçando o que será adicionado de conteúdo e escolhendo o autor. Queremos envolver a comunidade que cerca o jogo, pois como você já deve ter notado temos uma veia de criação coletiva muito forte entre os fãs. Já existe um grupo que discute a adaptação e o autor escolhido pela SOLAR deve trabalhar com eles de forma bem próxima, para aproveitar as idéias do jogo e dos fãs de forma coerente e divertida.

NTT: Que produtos você espera, ou imagina, que sairão desse “cross-over”?
Rovalde: Por enquanto um livro básico, com as regras e peculiaridades da magia rúnica usada no universo de Runicards e uma região do mundo para você começar sua campanha, o “Deserto dos Desmortos”. Mas isso representa apenas o começo. FATE nos dá uma caixa de ferramentas versátil e poderosa, seria um desperdício parar por aí (risos).

RDDD-caixaNTT: Então, mais de 107 mil oferecido para o Runicards:Dungeons. Como está se sentindo?
Rovalde: É um sucesso! (risos) O maior desafio dessa vez não era batermos a meta inicial, mas sim conseguir produzir miniaturas de qualidade para adicionar ao jogo. Foi muito arriscado convencer os fãs a apoiarem um jogo com miniaturas sem a certeza de que teríamos todas as minis. Hoje só faltam 4 para completarmos 100% do jogo com miniaturas. Como sempre, estamos nos esforçando para manter nossa margem de lucro entre 20-30% e repassar todo o lucro excedente para tornar o jogo melhor e maior. RDDD já está com quase o dobro de conteúdo do que o que foi anunciado e só tende a crescer.

NTT: De onde veio a idéia de transformar o Runicards, de um jogo de cartas, para um jogo de tabuleiro?
Rovalde: Bom, foi uma decisão que foi tomada de forma orgânica. Na verdade o grupo do Facebook (com mais de mil membros) estava pensando de forma coletiva em como adicionar mais conteúdo ao jogo. A maioria já tinha o Runicards original (de 2013) há mais de uma ano e já tinham jogado todas as 18 aventuras por mais de uma vez e queriam mais desafios ou formal alternativas de usar o conteúdo da caixa. Assim eles foram jogando idéias e eu fui dando suporte criativo e imagético para o desenvolvimento de pequenas “expansões” em formato de PDF’s gratuitos. E foi em Agosto de 2014 que surgiu a primeira versão de “Runicards:Dungeons”. Foi recebido com sucesso por todos e durante todo o ano ele foi evoluindo até se tornar um jogo separado do original, não uma evolução, mas um produto novo.

NTT: Veremos expansões para o Runicards original no futuro?
Rovalde: Claro! “Runicards:Dungeons – Florestas” já está sendo imaginado pelos fãs no grupo e todo mundo que quiser colaborar com idéias será bem-vindo! Já adianto que teremos a volta do Ranger e da Druidesa! RDF deve sair no final deste ano, por volta de dezembro.

NTT: E vídeo game? Não rola um vídeo game usando o universo e talvez as regras do Runicards?
Rovalde: Nosso foco é nos jogos de mesa, mas quem sabe um dia não abrimos uma filial da “Kalango Analógico”, talvez a “Kalango Digital”? (risos)

❉ ❉ ❉

Aí está, pessoal. Um jogo de tabuleiro, com miniaturas, material de qualidade e uma empresa que não quer 200% de lucro, mas sim produzir o melhor produto que conseguirem. Para participar da festa, vá ao Kickante e escolha seu nível de recompensa, como quase oitocentas pessoas já fizeram. Faltam quatro dias!

Financiamento do RDDD: http://www.kickante.com.br/campanhas/runicardsdungeons
Kalango Analógico: http://www.kalangoanalogico.com.br
Solar: https://www.facebook.com/solarentretenimento

Marcelo foi criança nos anos 80, então videogame pra ele é Sega, RPG é HeroQuest e calçado é All Star. Lê ficção especulativa sempre que pode, de preferência David & Leigh Eddings, Anne McCaffrey e John Scalzi. Evita TV como a peste — exceto se estiver passando Jornada nas Estrelas ou Supernatural. Gosta mais de cães do que de gente e abandonou a carreira de professor secundarista de História para pesquisar história da saúde pública na Escola de Enfermagem da USP de Ribeirão Preto.

Facebook Twitter Google+ Flickr Vimeo Skype  

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d blogueiros gostam disto: