O paladino caído (parte 3 de 6)

O paladino caído (parte 3 de 6)

Tendo a plena convicção de que as coisas não iriam acabar bem, e realmente quem vê uma figura daquelas e acha que as coisas estão tranquilas ou é bêbado ou é maluco, ele sai correndo de volta para Playmiur para contar o que viu. Mas, assim que ele chega na cidade, vê a cena que mudaria a sua vida para sempre.

Eventos religiosos de grande importância

Eventos religiosos de grande importância

Foto: «Celebration» © 2012 Drea | É muito importante refletir que esses eventos religiosos, muitas vezes, moldam a sociedade em que estão inseridos e a coloca sob obrigações sociais que, muitas vezes, não ocorreriam não fosse a força das datas religiosas.

O paladino caído (parte 2 de 6)

O paladino caído (parte 2 de 6)

Descobri que, com essa função, Elrich tinha o importante papel de aconselhar o Longevo em suas decisões e de colocar ordem na cidade quando ele está bem acamado. E foi numa dessas discussões de conselho que o estranho encapuzado entrou na cidade, arrastando a sua carroça meio lascada e recheada de frascos. Confesso que senti pena de seu pobre cavalo.

O paladino caído (parte 1 de 6)

O paladino caído (parte 1 de 6)

Não sei o que é mais fácil de se iludir: uma criança com um daqueles fabulosos doces medicinais da Floresta Divinha de Thrahaal ou uma pessoa muito doente. Digo isso pois foi assim que aquela figura conseguiu entrar em Playmuir. Seu governante, Baldarur, que o povo chama de O Longevo, já estava precisando de certas bênçãos especiais de seus clérigos para manter-se de pé.

O problema do ‘pop’

O problema do ‘pop’

Ilustração: «Reading» © 2008 Maren | Uma análise sobre as vantagens e desvantagens de leituras de modinha: será que quem nunca leu mas começa com um livro pop como Crepúsculo ou O Jogo dos Tronos se converterá num leitor regular?

Página 3 de 512345
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE