"star wars mini figures" por myrrh.ahn (© 2009 Flickr)

Jogar em uma ambientação atual ou em um passado recente, com ou sem fantasia envolvida sempre foi um dos maiores desafios para mim, pelo menos como DM. Em minha sinceridade, nunca fui fã do sistema GURPS. Simplesmente não gostei. Aprendi o d20 modern, mas é porque já estava acostumado com o D&D. Para jogadores, é pesado e complicado, podendo assustar os novatos. Chega-se então em uma encruzilhada. O que fazer?

Entre ideias boas e ruins, vislumbrei uma saída. Um dos sitemas que mais me pareceu adaptável, até por ser específico para um único cenário, foi o Star Wars SAGA Edition. Contraditório, mas verdadeiro. Apesar de ser totalmente voltado para o universo criado por George Lucas, ele é perfeito para quem gosta de combates rápidos, estilo “bang-bang”, com muitos tiros e explosões. Além disso, é de longe o mais leve, mecanicamente, dos sistemas d20, publicados pela WotC. Não digo que seja muito realista, mas mesmo assim, garante uma boa diversão tanto para jogadores quanto para o DM.

Por esses motivos (e alguns outros, que aparecerão pelo caminho), tive a ideia (ainda que batida já) de trazer uma adaptação para esse sistema, para ser utilizado em jogos  visando uma campanha mais atual e menos sci-fi. Ainda sim, fica aberta a sugestão para aqueles que quiserem aproveitar a deixa.

O SAGA algumas características herdadas do d20 modern (baseado em D&D 3.5), das quais podemos destacar as talent trees, o damage threshold e outras coisas que mais em frente serão explicadas com mais calma. Por hora, peço apenas que aguardem. Em breve teremos várias ideias rolando por aqui e todas as sugestões serão bem-vindas.

William Miyazaki gosta de observar a mesa, seus paricipantes, a dinâmica, as idéias, as iditiotices e a grandes consagrações. Por que não dissertar sobre elas, ou inventar histórias malucas? Ou simplesmente deixar o jogo correr e a aventura continuar?

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
%d blogueiros gostam disto: