Capas por J. Scott Campbell

A lista negra dos X-Men vai ganhar uma mini-série por um time criativo estelar (e, felizmente, nada infame).

Serão cinco edições mensais começando na primeira quarta-feira de Outubro com X-Men Black: Magneto #1. O mestre do magnetismo retorna à forma antiga (vilão e com traje vermelho e roxo) pela pena de um veterano dos quadrinhos mutantes também de volta depois de muito tempo afastado: Chris Claremont! Com arte de Dalibor Talajic, na edição de estréia da mini-série, Magneto decidiu que chega de ser bonzinho. Que plano revolucionário ele tem desta vez para mudar o destino dos mutantes? Existe alguém capaz de impedi-lo? (Alguém quer impedi-lo?) E, mais importante, será que Chris Claremont ainda dá conta do recado? Vamos descobrir dia 3 de Outubro!

As edições seguintes de X-Men Black sairão com uma semana de distância da outra e cobrirão Mojo (por Scott Aukerman e Nick Bradshaw), o Fanático (por Robbie Thompson e Shawn Crystal), a Rainha Branca Emma Frost (por Leah Williams e Chris Bachalo) e Mística (por Seanan McGuire e Marco Failla) fechando o mês de Outubro, dia 31. De bônus, cada revista terá uma história de “backup” figurando ninguém menos que o Apocalipse, por Zac Thompson, Lonnie Nadler e Geraldo Borge.

Só é uma pena que, dos treze quadrinistas que criação essa mini-série (incluindo os coloristas, cujas edições não sei de quem será) apenas três são mulheres — menos de 10%, abaixo dos 20–30% que a editora costuma exibir em geral de mês a mês.

Empolgado com uma mini-série com vilões? Você gosta desse tipo de história ou preferiria que a editora focasse mais nos heróis? Diga-me nos comentários!

Fontes: